Obras


Uma parte dos investimentos realizados pela Triunfo Concepa é transformada em obras - grandes e pequenas - que mudaram e mudam a vida das pessoas, tanto motoristas quanto moradores do entorno da rodovia. A seguir, confira as principais obras realizadas pela concessionária desde o início da concessão.

Confira no que consiste a obra da quarta faixa da Free Way 



























http://www.triunfoconcepa.com.br/quartafaixa

• 2016 - Alargamento do viaduto da Free Way sobre a av. Assis Brasil, no km  86, em Porto Alegre. 

• 2016 - Obra de rediagramação da Free Way no sentido litoral, entre os kms 75 e 60, em Gravataí, para possibilidade do uso do acostamento como faixa adicional. 

• 2015 - Conclusão da construção da quarta faixa da Free Way e obras complementares.  

• 2014 - Início da segunda etapa das obras da quarta faixa da Free Way, que contempla o trecho entre a BR-448 e o trevo da ERS-118, em Gravataí  

2014 - Em março foi entregue a primeira etapa da quarta faixa da Free Way, entre a BR-448 e a avenida da Legalidade e da Democracia

• 2013 - Obra de rediagramação da Free Way no sentido capital, entre os kms 1,5 e 26, de Osório a Santo Antônio da Patrulha, para possibilidade do uso do acostamento como faixa adicional.

2013 – Início das obras da primeira etada da quarta faixa da Free Way, entre a BR-448 e a avenida da Legalidade e da Democracia

2013 – Término da duplicação de 8,7 quilômetros da BR-116, entre Eldorado do Sul e Guaíba

2012 – Continuação da ampliação de pontes e viadutos da Free Way

2012 – Colocação de passarela no km 101 da BR-290, próximo da Ilha das Flores

2011 – Conclusão das obras de ampliação da Free Way, que criaram faixa de segurança interna e deixaram a plataforma com 16,25m em cada sentido.

2010 – Término da obras de duplicação da Rua Voluntários da Pátria em parceria com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre

2009 – Conclusão dos viadutos na BR-116, na cidade de Guaíba. Continuação das obras de ampliação da rodovia no sentido capital-litoral.

2008 – Continuação das obras de ampliação da BR-290, no sentido Porto Alegre−Litoral. Construção das ruas laterais de acesso a Guaíba e início dos desvios laterais de trânsito para construção de viadutos na BR-116, em Guaíba.

2007 – Conclusão das obras de ampliação da rodovia BR 290 entre kms 19 e 42 e colocação de refúgios no trecho da BR-116.

2006 – Continuação das obras de ampliação da rodovia entre Porto Alegre e Osório, adequação do acesso a Santo Antônio da Patrulha, no km 26, com as obras de execução de faixas de aceleração e desaceleração, bem como a ampliação da rodovia nesse trecho e a recuperação estrutural dos 8,7 km no novo trecho incorporado (8,7 km entre o km 112 da BR-290 e o acesso à Guaíba). Início das obras de drenagem das ruas laterais e da duplicação da BR-116, no Trevo de Acesso à Guaíba.

2005 – Seqüência às obras de ampliação no trecho Osório−Porto Alegre, entre os quilômetros 72 e 86, sentido interior−capital. Conclusão de acesso de entrada à BR 290 no km 94, acesso de saída da BR-290 no km 96 e rótula na Av. João Moreira Maciel. Serviços de terraplenagem, drenagem e pavimentação na obra de ampliação da rodovia no sentido Porto Alegre−Litoral, no trecho da pista sul, compreendido entre os quilômetros 19 e 39 da rodovia BR-290.

2004 – Construção da passarela no km 91 e conclusão da ampliação da rodovia no trecho entre Osório-Gravataí.

2000 a 2003 – Obras de ampliação no trecho entre Osório e Gravataí, pista sentido interior-capital, sendo: terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização, pontes e elementos de segurança, tais como defensas e tachas refletivas, concluído em final de 2003, dentro da configuração definitiva: três faixas de rolamento de 3,75 metros de largura, faixa de segurança interna com 2 metros e acostamento externo com 3 metros.

1999 a 2004 – Recuperação estrutural do pavimento da pista antiga.

1998 e 1999 – Construção das obras de ampliação de capacidade do trecho entre a av. Brasil e a av. da Legalidade e da Democracia (à época chamada de av. Castelo Branco) com quase 12 quilômetros no perímetro urbano de Porto Alegre, ficando a rodovia com sua configuração definitiva: três faixas de rolamento de 3,75 metros de largura, faixa de segurança interna com 2 metros e acostamento externo com 3 metros.

1997 – Serviços iniciais de recuperação da rodovia concluídos em outubro e início da cobrança de pedágio.